Cargo Modal Transportes

A Cargo Modal foi idealizada pelos sócios Anderson Ferraz e Marcos Davi Maronezzi no ano de 2007, ambos já atuantes e com vasto conhecimento no ramo de transportes rodoviários.
 
O objetivo foi formar uma empresa com perfil diferenciado, onde a qualidade dos serviços, a capacitação de pessoas e a excelência nas entrega norteassem toda a estrutura. Investiram em frotas, espaço físico, treinamentos e muitas outras frentes para garantir que a Cargo Modal se estabelecesse de forma definitiva e marcante no mercado.
A Cargo Modal é especializada no transporte de produtos agroquímicos, sementes, produtos alimentícios, bebidas e artefatos de concreto. Sua matriz está localizada na cidade de Apucarana, Paraná e a empresa possui 10 filiais, distribuídas em quase todas as regiões do Brasil (Sul, Sudeste, Centro Oeste e Nordeste).
A sua frota própria é composta somente por veículos pesados adaptados às necessidades dos clientes, a fim de atender de modo continuo as programações de embarque em suas filiais.
Todo sistema de transporte pensando de forma sustentável, deve considerar aspectos econômicos (eficiência, custo de interiorização e preço acessível), ambientais (prevenção da poluição, proteção e conservação e gestão ambiental) e sociais (segurança e saúde, acesso e escolha e qualidade de vida). Pensando nisso, a Cargo Modal otimiza os recursos com máxima eficiência, participando de ações e projetos sociais e ambientais, sendo uma empresa consciente de sua responsabilidade. Participamos ativamente de ações voltadas ao plantio de árvores/reflorestamento em virtude do CO2 e outros gases emitidos por nossos caminhões durante o transporte.
A empresa desenvolveu o projeto “Cargo Modal ECO”,  onde realizaremos o plantio de reflorestamento para recuperação de áreas degradadas. Dentre todos os motivos importantes para se trabalhar pelo reflorestamento um dos que mais merecem ser destacados é o sequestro de CO2.
Para a Cargo Modal, o importante é sempre agir sempre em favor do meio ambiente, simplesmente porque é possível, preciso e necessário um real compromisso com a sociedade e o meio ambiente, sempre visando a sustentabilidade em todas as nossas ações, pois um planeta melhor depende do agir sustentável de cada um.
Em parceria com o Programa Plante Árvore, realizamos o plantio de 11.900 mudas nativas que compensaram 1.666 toneladas de Gases do Efeito do Estufa (GEE) promovendo a reestruturação de área florestal na cidade de Martinópolis/SP.    

Procter and Gamble (P&G)

procter e gamble no plante árvore

    Procter & Gamble

A história da Procter & Gamble começou através de uma sociedade entre William Procter e James Gamble nos anos de 1830 em Cincinnati, nos EUA. Iniciando com uma empresa de sabão velas, eles conduziram a P&G fechando parcerias e apostando em inovações. Atualmente, contempla subempresas no ramo alimentício, de limpeza e higiene, com marcas individuais, onde o foco é de tornar a vida das pessoas um pouco mais simples.
Ativos na responsabilidade social e ambiental, através de um plantio de 8 mil mudas nativas, a P&G fechou parceria com o Instituto Brasileiro de Florestas – IBF por meio do Programa Plante Árvore, compensando mais de 1.000 toneladas de Gases de Efeito Estufa (GEE) na cidade de Mendonça/SP, fato que exalta o impacto positivo proposto pela companhia.

Quantidade de mudas plantadas: 8 mil mudas
Gases de efeito estufa (GEE): 1.120 toneladas
Área restaurada: 48.000 m²

Métricas – Saiba relacionar a quantidade de árvores, GEE compensado e área restaurada

Dentro da temática da restauração florestal e compensação de emissões de Gases do Efeito Estufa (GEE), o Instituto Brasileiro de Florestas (IBF) trabalha com as seguintes indicações e métricas:

  • Indicação de plantios com espaçamento 3 m x 2 m. Assim, realiza-se o plantio de 1.666 mudas por hectare;
  • Para realizar a compensação de 1 tonelada de GEE, faz-se necessário o plantio de 7,14 árvores, que realizarão o processo de compensação em um período de 20 anos.

Adendo: Em termos de cálculo das emissões de GEE, a organização deve: Identificar fontes de emissão > Escolher a abordagem de cálculo > Coletar dados e escolher fatores de emissão > Aplicar ferramentas de cálculo > compilar dados no nível corporativo.

Em relação a métrica acima, podemos fazer a seguinte progressão:

relação de quantidade de mudas, gee compensado e área restaurada

Por meio do Programa Plante Árvore, o IBF está a disposição para realizar os devidos alinhamentos para realização de parcerias para fomentar o plantio de árvores. Seja parceiro e Plante Árvore!