Demanda de plantio de árvores no Brasil e o processo para realização de plantio

Inserido no contexto da crescente conscientização ambiental, o Instituto Brasileiro de Florestas (IBF) ratifica a necessidade na continuidade de atividades relacionadas ao desenvolvimento do setor ambiental e a realização de atividades que visam mitigar os danos causados em nossa natureza.

Neste contexto, vale-se citar que o governo brasileiro assumiu alguns compromissos florestais, que foram apresentados na 21ª Conferência das Partes (COP-21), realizado em Paris em dezembro de 2016:

  • Fortalecer o cumprimento do Código Florestal, em âmbito federal, estadual e municipal;
  • Fortalecer políticas e medidas com vistas a alcançar, na Amazônia brasileira, o desmatamento ilegal zero até 2030 e a compensação das emissões de gases de efeito de estufa provenientes da supressão legal da vegetação até 2030;
  • Restaurar e reflorestar 12 milhões de hectares de florestas até 2030, para múltiplos usos;
    Ampliar a escala de sistemas de manejo sustentável de florestas nativas, por meio de sistemas de georeferenciamento e rastreabilidade aplicáveis ao manejo de florestas nativas, com vistas a desestimular práticas ilegais e insustentáveis.

Fonte: http://redd.mma.gov.br/pt/noticias-principais/414-entenda-melhor-a-indc-do-brasil

Atividades necessárias para implantação do projeto de recuperação

O processo de restauração florestal não é um processo simples e demanda de várias atividades até o ato do plantio da muda.

De forma sintetizada, para cada projeto de recuperação de áreas, o IBF leva em consideração os seguintes aspectos:

descrição dos processos - plante Árvore

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *